Grupo Rossetto

Rossetto Seguros | 30 de julho de 2020

Seguro para advogados: por que contratar e como utilizar?

Seguro para advogados: por que contratar e como utilizar?

Se você veio até este post, provavelmente é um advogado que, assim como eu (OAB/PR 78.757), sabe que perder um prazo é algo impensável até para profissionais iniciantes. Trabalhando sozinho ou como integrante de um escritório, todo cuidado é pouco para que não coloquemos os interesses dos nossos clientes em risco. Mesmo com a ajuda de outros profissionais e de ferramentas de administração e controle, sabemos que um imprevisto pode acontecer e o resultado é sempre constrangedor.

Diversos são os casos que vemos acontecer diariamente: um documento físico que foi anexado acidentalmente a outro e se perdeu; uma petição inicial não protocolada; a perda do prazo para adoção de um procedimento especial com objetivo de minimizar o ônus do cliente; a perda de uma audiência em razão de um agendamento no mesmo dia e horário que outra, sem o devido direcionamento para que um colega o represente em uma delas; entre outros casos.

Enfim, com uma rotina intensa, tanto profissionais muito experientes quanto os iniciantes podem acabar falhando e causarem um prejuízo financeiro inesperado aos seus clientes.

É por isso que nós, do Grupo Rossetto Seguros, nos dedicamos a ajudar Advogados e Escritórios a contratarem uma apólice de Seguro de Responsabilidade Civil Profissional, desenvolvendo, assim, suas carreiras de forma tranquila e confiante.

Para quem o seguro é indicado?

Como dissemos, a apólice traz confiança e segurança financeira ao profissional em início de carreira, bem como garante a perenidade das bancas já consolidadas. Assim, o seguro pode ser contratado por um advogado que atua como pessoa física, amparando exclusivamente os erros por ele cometidos, ou até por pessoa jurídica, abrangendo sócios, associados e empregados, além de funcionários administrativos e terceirizados enquanto prestarem serviços exclusivos ao segurado.

É importante destacar que, ao contratar um advogado correspondente para realizar uma diligência, este, enquanto à serviço e agindo em nome do segurado, também estará amparado.

Como utilizar esse seguro?

Essa apólice poderá ser utilizada quantas vezes for necessária, respeitando o limite do valor contratado e as franquias aplicáveis.
Para tanto, é necessário que o seu cliente, insatisfeito com um prejuízo financeiro que você lhe causou, efetue um pedido de indenização formal e por escrito. Esse pedido pode ser feito pelo WhatsApp, por e-mail, notificação judicial ou até mesmo por uma citação em processo judicial (reclamação).
Tão logo você tenha ciência dessa cobrança, deverá nos comunicar imediatamente para que façamos o registro do ocorrido junto à seguradora e iniciemos o processo de regulação e indenização.

É importante frisar que, tão logo o profissional segurado perceba o cometimento de uma falha, independentemente da gravidade e de suas consequências, deve nos comunicar imediatamente para que seja registrado junto à seguradora (notificação). Esse procedimento é um requisito obrigatório desse tipo de seguro, ainda que o cliente não perceba falha e não veja a necessidade de pedir uma indenização.

Por fim, é preciso dizer que o segurado não pode efetuar acordos sem autorização expressa da seguradora, bem como não pode enviar para a seguradora a “conta” para pagar somente na fase de execução da sentença.

Como ter mais informações sobre as coberturas e contratar esse seguro?

É simples e rápido! Fale conosco por WhatsApp clicando aqui. Nós lhe ajudaremos a contratar o melhor seguro para sua especialidade.


Luis Fernando Rossetto

Gerente Comercial – Grupo Rossetto Seguros